Leilão do Detran no Ceará reúne mais de mil peças entre carros e motos com lances a partir de R$ 100

Leilão do Detran no Ceará reúne mais de mil peças entre carros e motos com lances a partir de R$ 100

Profissionais com cadastro prévio também poderão adquirir sucatas.

Quase mil lotes de veículos serão ofertados no Leilão do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran) que acontece entre quinta-feira (21) e sábado (23), com lances iniciais a partir de R$ 100.

Estarão disponíveis vários exemplares entre carros de passeio, utilitários do tipo 4×4 e motocicletas para o público geral. Os profissionais com cadastro prévio realizado também podem arrematar sucatas. Ao todo, o Leilão conta com mais de 1.300 peças.

As visitações às peças iniciaram nesta quarta-feira (20), mas o arremate só poderá ser feito entre os dias do evento, presencialmente ou por meio do site do leiloeiro. O evento acontece no pátio da Montenegro Leilões, na Rua Ademar Paula, Nº 1000, no Passaré, em Fortaleza. As visitações começam às 9h e o leilão às 10h. Caso opte pela compra online, é necessário fazer o cadastro antecipado no site da empresa.

A ação tem o objetivo de retirar os veículos que foram apreendidos pelo órgão e não foram resgatados, como explica a gerente do Núcleo de Leilões, Mari Guerreiro. “Nós não pudemos continuar com a fiscalização, recolhendo os veículos irregulares nas vias e guardar por tempo determinado. Então a resolução nos respalda para que, depois de cumprido o período de apreensão de 60 dias, entre em processo de hasta pública”, explica.

Veículos até R$ 10 mil

Os interessados em automóveis, de diversos modelos e anos de fabricação, devem encontrá-los com lances entre R$ 2 mil até R$ 10 mil. Já as motocicletas, inclusive motonetas e ciclomotores, estarão em oferta entre R$ 100 e R$ 3 mil.

Ao adquirir uma peça é gerado um boleto que deve ser pago em até 5 dias úteis em seu valor integral. A partir do dia 8 de janeiro de 2020, os compradores devem comparecer ao Detran para emissão e pagamento das taxas, fazer vistoria e a transferência.

O arrematante recebe o veículo sem nenhum débito anterior ao leilão, e deve efetuar apenas as tarifas necessárias para uma compra convencional, como taxa de transferência, confecção de placa, entre outros. Mari Guerreiro aconselha que os compradores visitem as peças antes de adquirir e fazer um planejamento financeiro. “O Leilão é uma coisa muito empolgante. Veja até quanto você pode ir e espere uma nova oportunidade”, finaliza.

POR G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *