Suspeitos de matar grávida de cinco meses encontrada amarrada dentro de casa são presos em Juazeiro do Norte

Suspeitos de matar grávida de cinco meses encontrada amarrada dentro de casa são presos em Juazeiro do Norte

Mulher foi encontrada amarrada e morta dentro de casa pelo namorado. Ela estava sozinha com o filho de cinco anos.

Dois homens foram presos suspeitos de amarrar e matar Maria Cheyla Cristina Lima Lins, 34 anos, grávida encontrada morta em casa com uma faca no peito, no Bairro São José, em Juazeiro do Norte. O crime ocorreu na madrugada do dia 5 de janeiro. Os suspeitos eram vizinhos da vítima, e foram capturados nesta terça-feira (14).

O corpo de Cheyla Lins, que estava no quinto mês de gestação, foi encontrado pelo namorado dela por volta do meio-dia. Ela estava em casa com o filho de 5 anos quando ocorreu o crime. A vítima foi encontrada despida da cintura para baixo.

Os suspeitos entraram na residência pela porta da frente, amarraram a mulher com o fio de um carregador de celular e a atingiram com um golpe de faca no tórax, de acordo com a polícia.

Suspeito roubou celular da vítima

O principal suspeito do crime era menor de idade quando o fato ocorreu, e completou 18 anos nesta segunda-feira (13), segundo a polícia. Ele estava com o celular da mulher, informou o comandante da Força Tática, tenente Lindemberg Alencar. O rapaz confessou o assassinato e entregou a arma utilizada. Afirmou, ainda, que invadiu a residência da vítima com intuito de roubar.

“Após informações da Inteligência, descobrimos que um indivíduo estava de posse do celular da vítima. Montamos a operação e conseguimos fazer a prisão dele em flagrante pela receptação do celular. O mesmo, dentro da viatura, confessou o crime, entregou a arma do crime — um canivete que estava com ele, e deu detalhes da crueldade do crime”, informou o comandante Alencar.

O suspeito relatou à polícia a participação de outro homem no crime. Com isso, os policiais chegaram até o segundo envolvido, de 24 anos, que também morava nas proximidades da casa da vítima.

Os criminosos foram conduzidos à delegacia, em Juazeiro do Norte, na tarde desta terça-feira.

POR G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *